Ascenty e Oracle demonstram resultados entre integração de on-premises e cloud computing

Com o FastConnect, resultante da parceria entre as empresas, movimentação de dados entre diferentes infraestruturas apresenta velocidade de 3 a 10 vezes maior

A Ascenty, maior provedora de serviços de data centers e conectividade da América Latina, e a Oracle expandiram sua parceria para interconectar o Oracle Solution Center ao Oracle Cloud Infrastructure (OCI), a partir do FastConnect, com o objetivo de demonstrar casos reais de migração entre soluções on-premises e nuvens públicas.

Por meio de um link de dados dedicado, a Ascenty conecta-se às duas zonas da Oracle Cloud Infrastructure (OCI), localizadas nas cidades de Vinhedo (SP) e São Paulo (SP), possibilitando que as demonstrações de performance dos serviços Oracle sejam realizadas para clientes no Solution Center da companhia, localizado em São Paulo, Brasil.

A iniciativa permite que as empresas vejam em tempo real o funcionamento das soluções integradas na prática, possibilitando a realização de diversos testes de velocidade, conectividade, latência e segurança. “Vivenciamos isso quase todos os dias no Oracle Solution Center. Os clientes interessados ​​em migrar seus workloads on-premises para a nuvem têm preocupações de segurança e interconexão. Ao contarmos com um parceiro de interconexão de alta performance como a Ascenty, podemos apresentar novas e detalhadas formas de conectividade híbrida. Isso ajuda clientes a tomar decisões mais assertivas ao migrarem para Oracle Cloud Infrastructure (OCI)”, explica João Paulo Lunardelli, diretor do Oracle Solution Center, América Latina.

A Ascenty possibilita o acesso a diversas empresas de telecomunicações, além de contar com uma rede própria que contempla mais de 5 mil km. Assim, é capaz de conectar os principais pontos do país, tornando a experiência das demonstrações fluídas e assertivas.

“O trabalho em conjunto com a Oracle propicia uma mudança de mindset no mercado de armazenamento e conectividade. A integração permite que empresas de diferentes setores possam entender qual a melhor alternativa para armazenamento, integração e conectividade de dados, pois apresenta uma nova perspectiva para interconexão entre soluções que são capazes de se complementar”, destaca João Walter Bio Razori, gerente de produtos da Ascenty.

Parceria consolidada

A parceria entre as empresas, com o acesso dedicado e privado à Oracle Cloud por meio da Oracle Cloud Infrastructure FastConnect, permite que clientes acessem seus dados e aplicativos em nuvem, por meio de uma rede totalmente confiável, resultando em maior desempenho, controle avançado, flexibilidade e escalabilidade no acesso aos dados e funções críticas.

A conexão física e direta da Ascenty com a Oracle Cloud, garante, ainda, conexões de alta capacidade (até 100 Gbps), menor latência, além de suporte à diversas estruturas de segurança para atender as necessidades de maneira personalizada.

Interconexão ágil, segura e veloz

Durante os testes e ações demonstrativas, a interconexão promovida pelas empresas por meio do Fast Connect permitiu transitar arquivos de 50Gb em 9 minutos — velocidade cerca de 3x maior em comparação com a média do uso de internet pública, estimado em 25 minutos.

“Alguns de nossos clientes já experimentaram essa solução que, por si só, responde potenciais dúvidas relacionadas a aspectos como conectividade, velocidade e segurança. O tempo de movimento dos dados é uma evidência que amplifica a discussão sobre escalabilidade com a nuvem como ponto de partida de ambientes híbridos”, explica Razori.

Estes e outros indicadores serão apresentados durante o Oracle CloudWorld, em Las Vegas. No dia 20 de setembro, João Walter Bio Razori e João Paulo Lunardelli vão compartilhar as experiências obtidas e os resultados de clientes com cinco casos de uso reais sobre a eficácia do link de dados entre a Oracle e a Ascenty.

“A Oracle tem o public cloud que mais cresce no mercado e a conectividade e baixa latência oferecida pela Ascenty são alguns dos grandes pontos positivos dessa união. Sua abordagem totalmente escalável garante que nossos clientes prosperem em meio às mudanças. Essa aliança é fundamental para a tranquilidade dos clientes, fundamentada na cobertura sólida desses aspectos”, afirma Lunardelli.

Saiba mais em: https://ascenty.com/solucoes/cloud-connect/oracle-fastconnect/

Read More

Ascenty é reconhecida como empresa do ano pela Frost & Sullivan pelo terceiro ano consecutivo

Nomeação máxima posiciona a empresa como líder no mercado brasileiro de Data Centers e atesta melhores práticas focadas em inovação, desempenho e atendimento ao cliente

A Ascenty, maior provedora de serviços de data centers e conectividade da América Latina, foi reconhecida pela Frost & Sullivan como empresa do ano no setor de Data Centers, no relatório Best Practices Company of the Year. A premiação, que contempla empresas que encabeçam a inovação e o crescimento nos seus respectivos setores, traz uma avaliação detalhada das boas práticas em diferentes empresas do setor.

Dentre os critérios avaliados, foram considerados aspectos ligados diretamente à performance de inovação visionária do negócio e impacto em clientes, como foco da liderança, valor de desempenho, experiência de compra, atendimento e valor da marca.

Além de liderar nos aspectos avaliativos, a Ascenty se destacou por consolidar sua autoridade, ao se concentrar no fornecimento de serviços de infraestrutura, refinar sua abordagem de conectividade e oferecer serviços de conexão em nuvem com várias opções de velocidade. O relatório salientou, ainda, a nota “excelente” no Net Promoter Score, de 75 a 100 pontos, recebida pela companhia pelo quinto ano consecutivo.

“O reconhecimento atesta o trabalho que temos realizado com foco no aprimoramento de nossas soluções e na experiência de clientes. Como um dos maiores provedores de colocation no Brasil, ano após ano, temos consolidado nossa liderança ao focar na entrega de serviços de infraestrutura de qualidade, otimizando nossa abordagem de conectividade e oferecendo serviços de múltiplas conexões, que contribuem diretamente para a boa desenvoltura dos negócios de nossos parceiros”, destaca Marcos Siqueira, VP de Operações da Ascenty.

Conectividade diferenciada

Segundo a Frost & Sullivan, entre os provedores de Data Center, a Ascenty se mantém à frente também no quesito conectividade. Ao posicionar-se como carrier-neutral, a companhia possibilita o acesso a diversas empresas de telecomunicações, além contar com uma rede de própria que contempla mais de 5 mil km. Assim, é capaz de conectar os principais pontos do país, reduzindo os riscos de inatividade ou interrupções de serviços em sua estrutura.

A Ascenty possui, ainda, um portfólio com mais de 200 certificações, incluindo as certificações Organização Internacional para Normalização (ISO) 45001 e ISO 14001, que qualificam as operações da companhia em diferentes aspectos ante a outros players do mercado.

Data Centers sustentáveis

Para definir a melhor empresa do ano na categoria, a Frost & Sullivan avaliou também iniciativas relacionadas à promoção da sustentabilidade e testificou o comprometimento da Ascenty para geração de energia sustentável, com o desenvolvimento de Data Centers que proporcionam uma operação de menor impacto ao meio ambiente.

Nos últimos anos, a companhia alcançou o status de “carbono neutro” no âmbito do Programa Brasileiro de Gases de Efeito Estufa (GHG Protocol), além de investir em centrais fotovoltaicas,  que convertem a radiação solar em eletricidade, otimizando o uso e melhorando a eficiência energéticas em seus data centers. Desde 2021, 100% da energia elétrica utilizada pela Ascenty vem de fontes renováveis, seja através da compra no mercado livre de energia, ou através da compensação via iRECs, corroborando diretamente com seu compromisso sustentável.

“A empresa se estabeleceu como uma parceira confiável para a jornada de transformação digital do cliente graças à sua experiência no setor, à infraestrutura de última geração e aos excelentes serviços. A Frost & Sullivan acredita que a Ascenty está preparada para consolidar sua posição como o principal provedor no mercado.”

– Valentina Barcia

Analista de pesquisa de melhores práticas da Frost & Sullivan

Acesse o relatório completo aqui.

Read More

Ascenty lidera o Quadrante Colocation no Brasil da ISG Provider Lens™ pelo quarto ano consecutivo

Além da qualidade do atendimento e ecossistema estendido, relatório destaca rede robusta de baixa latência e integração completa com nuvens públicas

A Ascenty, maior provedora de serviços de data centers e conectividade da América Latina, foi reconhecida pelo quarto ano consecutivo como líder absoluta do Quadrante de Serviços de Colocation no Brasil, de acordo com o relatório ISG Provider Lens™ 2023 – Private/Hybrid Cloud – Data Center Services. Com seus 34 data centers em operação e/ou construção, 26 deles no Brasil, a Ascenty é reconhecida, segundo o analista Pedro Bicudo, por impulsionar o crescimento dos clientes, ao oferecer uma rede robusta de baixa latência e integração completa com nuvens públicas.

O quadrante de colocation avaliou 15 empresas fornecedoras de espaço de data center seguindo alguns critérios como: controle de acesso seguro, fontes de energia redundantes, sistema de supressão de incêndio e de refrigeração de ar, conectividade em nuvem e certificados de segurança.

“O reconhecimento da liderança no mercado brasileiro de Colocation, recebida mais uma vez pela Ascenty, é resultado dos esforços de toda a equipe e demonstra o nosso compromisso em oferecer um atendimento customizável, flexível e ágil”, ressalta Marcos Siqueira, VP de Operações da Ascenty.

O relatório também revela que as empresas brasileiras estão adotando arquiteturas híbridas, ou seja, plataformas de hospedagem gerenciadas juntamente com nuvem pública.

“As empresas estão buscando plataformas com uma experiência semelhante à nuvem que possuam tecnologia robusta e hiperconectividade. Na Ascenty, nós conectamos esses dois mundos para garantir mais segurança para os dados das empresas, flexibilidade para as operações e escalabilidade”, completa Siqueira.

Ofertas de hiperconectividade

A Ascenty oferece aos clientes diversas opções de conectividade com Cloud Connect para hiperescaladores e diversos pontos de presença (PoPs) em todo o Brasil. Os serviços Ascenty Cloud Connectivity Exchange (ACCX) e Ascenty Internet Connectivity Exchange (AICX) conectam clientes a diversos data centers, incluindo nuvens públicas, fornecedores de conteúdo e ISVs, proporcionando baixa latência na borda.

Com mais de 200 certificações, a Ascenty garante a competitividade no mercado ao oferecer 5.000km de rede de fibra óptica própria, o que permite a exploração de diferentes rotas, adequadas às necessidades de cada cliente.

Padrões de alta qualidade

Um dos principais diferenciais da Ascenty é a qualidade dos serviços prestados e a satisfação de seus clientes. A empresa registrou um Net Promoter Score acima de 90 pelo quinto ano consecutivo, seguindo altos padrões de segurança e construção de data center. Esse índice é calculado por meio de uma metodologia de satisfação de clientes desenvolvida para avaliar o grau de fidelidade dos mesmos.

Ecossistema estendido

A Ascenty ainda possui um marketplace no qual os clientes podem encontrar fabricantes de tecnologia e fornecedores de serviços para integração com o seu colocation. As categorias de marketplace incluem nuvem privada e hosting, armazenamento, e-mail, backup, segurança cibernética, soluções financeiras, terceirização, consultoria, telecomunicações e conectividade.

Para conferir o relatório completo, acesse: https://conteudo.ascenty.com/ascenty-relatorio-isg-2023

Read More

Parceria entre Ascenty e NUV provê latência recorde entre Brasil e Europa

Com novo negócio, ecossistema Ascenty oferece transmissão de dados entre São Paulo e Madrid a partir de 99 milissegundos, tempo 60% menor do que a média de mercado

A Ascenty, empresa líder em colocation na América Latina, com 34 data centers em operação e/ou construção no Brasil, Chile, Colômbia e México, anuncia uma nova parceria de interconexão em seu ecossistema. Junto da NUV, companhia especializada em serviços de conectividade global e com os produtos NetIX, Peer-1 e TupIX, a empresa prevê ampliar a capilaridade e qualidade de sua conectividade em todas as regiões do globo.

A adição dos produtos NUV ao ecossistema Ascenty irá proporcionar aos clientes de ambas as empresas opções de conectividade globais com as melhores latências do mercado, a partir de 99 milissegundos na transmissão de dados entre São Paulo e Europa. A latência média de mercado neste trecho é estimada em 220 milissegundos.

“Com esses produtos, garantimos a menor latência para trocas de dados entre Américas e Europa. O NetIX conecta mais de 30 pontos de trocas de tráfego (PTTs) no mundo, entre Brasil, Estados Unidos e Europa; por meio do TupiX também conectamos toda a América Latina em um único PTT, a partir de grandes centros urbanos; com a Peer-1 poderemos levar nossos clientes aos mais importantes peerings de todo o mundo, visando a melhor experiência. Assim, capilarizamos a rede sem perder a qualidade de conectividade”, explica Fabricio Costa, CEO da NUV. “Procuramos parceiros que se ajudem mutuamente. É o caso da Ascenty, uma empresa com atuação global, alinhada aos nossos anseios de prestar um serviço personalizado de excelência”, acrescenta.

Com três meses de ativação a partir do campus de data center da Ascenty em São Paulo (SP), a parceria irá se estender nos próximos meses para as unidades de Vinhedo (SP), Campinas (SP) e Fortaleza (CE). Em seguida, o objetivo é expandir a rede para Santiago (Chile), Rio de Janeiro (RJ) e Querétaro (México) e, por fim, em Bogotá, na Colômbia, quando o data center entrar em operação.

“Essa parceria ilustra a qualidade dos serviços que prestamos aos nossos clientes e o foco que temos em aumentar as possibilidades de interconexão para o mercado Latam. O conteúdo está em todo lugar, mas o grande diferencial é como esse conteúdo é transmitido. Nesse contexto, a NUV e toda sua gama de plataformas é estratégica pela possibilidade de expansão ilimitada da conectividade, sem perda de qualidade”, destaca João Walter, gerente Executivo de Produtos, Soluções e Edge Strategy da Ascenty.

Read More

Liderança da Ascenty se reúne com autoridades de estado no México

Com dois data centers em operação e um em construção em Querétaro, Ascenty avaliou em conjunto com governo mexicano expansão de negócios de tecnologia e conectividade no país

Diretores da Ascenty, empresa líder em data centers na América Latina, estiveram reunidos no final de abril com autoridades no Palácio do Governo do Estado de Querétaro, no México, para tratar da expansão dos negócios da companhia no país.

Com dois data centers em operação e uma terceira unidade em construção na cidade de Santiago de Querétaro, a Ascenty avaliou junto aos representantes mexicanos oportunidades de ampliação de infraestrutura de telecomunicações e soluções de fornecimento de energia, entre outros assuntos atinentes aos negócios de tecnologia e conectividade.

As unidades da empresa no país são: Querétaro 1, com área de 20.000 m² e potência total de 21 MW; Querétaro 2, que ocupa 24.000 m² e tem capacidade de 31 MW; e Querétaro 3, com previsão de início de operação no primeiro trimestre de 2025, com 20.000 m² de área e 21 MW de potência. No total, os investimentos da companhia em território mexicano já ultrapassam R$ 1 bilhão.

“México e Brasil são as maiores economias da América Latina e, somados, respondem por mais de 50% do Produto Interno Bruto da região, além de estarem entre as 20 maiores economias do mundo. Por isso, estarmos no país com nossos serviços de data centers de classe mundial é primordial para a consolidação de nossa liderança regional”, explica Gustavo Sousa, CFO da Ascenty.

Além de Sousa, estiveram presentes no encontro Mauricio Kuri, governador de Querétaro; Marco Del Prete, secretário de desenvolvimento sustentável de Querétaro; Mauricio Reys, engenheiro da Agência Energia Elétrica de Querétaro (AEEQ); Felipe Caballero, vice-presidente de Projetos, Engenharia e Construção da Ascenty; Arturo Bravo, diretor de Data Centers da Ascenty no México; e Adriana Cerecedo, sócio-fundadora da GLA-Gestion Legal y Ambiental.

Read More

Entenda por que as empresas devem aderir à sustentabilidade digital

Por Fábio Trimarco*

Nos últimos anos, o tema sustentabilidade digital vem ganhando a atenção das empresas, além de robustos investimentos de tempo e dinheiro. As mudanças climáticas deixaram claro que o tema não pode mais ser adiado. E, apesar de parecer que o mundo digital está longe do problema, manter ecossistemas digitais funcionando pode ser custoso para o planeta.

A fabricação de componentes eletrônicos e a energia necessária para manter a estrutura de rede e dados funcionando necessitam de muitos recursos, tornando a sustentabilidade a pauta mais importante para os negócios atualmente.

Resumidamente, a sustentabilidade digital é o conjunto de atividades relativas à gestão social, econômica e ambiental aplicado a produtos, serviços e dados digitais online. O objetivo é avançar na direção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas por meio da implantação de tecnologias que criam, usam, transmitem ou fornecem dados eletrônicos — com foco no sustentável.

Além disso, os objetivos econômicos que orientam essas atividades focam na criação de valor para a sociedade e para o meio ambiente. Para alcançar a sustentabilidade digital, as organizações usam tecnologias avançadas e eficientes, bem como práticas modernas de gestão de infraestrutura de TI.

As empresas que adotam a sustentabilidade digital como meta usam processos digitais, ferramentas e modelos de previsão para medir os ganhos potenciais em relação ao impacto que sua atuação pode ter no meio ambiente.

Esses mesmos negócios são capazes de, então, trabalhar para mitigar qualquer impacto ambiental potencial de suas operações, enquanto ainda proporcionam bens e serviços valiosos a seus consumidores.

Preocupação das empresas com a sustentabilidade digital

Hoje, a preocupação com a sustentabilidade digital é crescente entre consumidores, organizações, iniciativas sociais e governos. Com o aumento da demanda por soluções digitais remotas, aumentou a dependência da população, e do mercado como um todo, por tecnologias.

No entanto, também se entendeu que o uso intenso do ambiente digital e de seus recursos cobra seu preço. Com a sustentabilidade digital, é possível que as empresas protejam o meio ambiente sem comprometer o sucesso corporativo.

Para as empresas, a digitalização com foco na sustentabilidade permite que as organizações desenvolvam e implantem tecnologias para garantir competitividade e crescimento de longo prazo, tudo dentro dos limites do meio ambiente e seguindo o direcionamento dos objetivos estabelecidos pela ONU.

Com essa perspectiva, cada vez mais empresas buscam a sustentabilidade digital para:

  • Usar tecnologia digital para reduzir custos, otimizar as operações de negócios e minimizar o impacto ambiental negativo;
  • Gerar novos fluxos de receita e ter um efeito positivo na sociedade, desenvolvendo novos modelos de negócios disruptivos e transformadores ou propostas de valor;
  • Usar tecnologia de ponta, como IA, ML, Blockchain e realidade aumentada para facilitar novos modelos de negócios e propostas de valor que possam atender às necessidades globais de maneiras radicalmente diferentes e sustentáveis.

Mas como a sua empresa pode começar a desenvolver uma cultura de sustentabilidade digital que favorece os negócios e contribui com o meio ambiente? A seguir, listo cinco iniciativas.

1# Otimize as operações internas

Busque informações de vários departamentos sobre quais aspectos podem ser melhorados por meio da tecnologia e onde há falhas ambientais atuais.

2# Abrace o trabalho remoto

Reuniões virtuais e plataformas de comunicação digital demonstraram seu valor na redução dos custos de deslocamento, viagens de negócios e manutenção de espaços físicos de escritório.

Como prática de negócios sustentável, o trabalho remoto deve ser uma prioridade — mesmo após a pandemia.

3# Escolha tecnologias com foco em eficiência energética

Vários elementos de infraestrutura, como servidores de dados, exigem quantidades significativas de energia para realizar seu trabalho.

Para evitar frustrar seus próprios esforços por meio do consumo excessivo, escolha ferramentas projetadas para eficiência energética e forme parcerias com fornecedores que usam fontes renováveis e são certificados em gestão ambiental.

4# Gerencie seus recursos de forma eficaz

Para implementar efetivamente as iniciativas de sustentabilidade, as organizações precisam integrar informações e processos de todas as funções de negócios sustentáveis ​​em um banco de dados consolidado, a partir do qual podem ser monitorados e gerenciados.

Um sistema como o ERP permite que as empresas centralizem todas as atividades de negócios ​​em um único sistema para que possam acompanhar seu desempenho, incluindo os indicadores de sustentabilidade.

5# Desenvolva parcerias estratégicas

Parceiros da cadeia de suprimentos, fornecedores de hardware e provedores de software, como serviço (SaaS), podem ajudar a fornecer os recursos, experiência e infraestrutura para apoiar seus esforços de sustentabilidade digital.

Escolha aqueles que já engajam, se preocupam e investem na questão sustentável, para assegurar que todo seu supply chain se alinhe aos seus objetivos.

*Diretor de Compliance e Qualidade na Ascenty

Read More

Ascenty passa a transmitir o Globoplay

Maior empresa de data centers da América Latina provê aumento de capilaridade e melhora da conectividade das transmissões de conteúdo da plataforma de streaming da Globo

A Ascenty, líder em colocation na América Latina, com 34 data centers em operação e/ou construção no Brasil, Chile, México e Colômbia, firmou parceria de interconexão com a Globo, para a distribuição do conteúdo digital, como a plataforma de streaming Globoplay.

A conexão se dará por meio de um novo ponto de presença da Globo no Campus de São Paulo e integração com a plataforma de peering da Ascenty, o Ascenty Internet Connectivity Exchange (AICX). Assim, toda a produção de conteúdo será integrada a um ecossistema de conectividade com infraestrutura de classe mundial, carrier neutral e baixa latência. Esse ambiente digital conta com a presença dos principais Internet Service Providers (ISPs) e operadoras, além de parceria direta com empresas de internet exchange, ampliando a capilaridade de conexão das transmissões da Globo.

“Em poucos meses com a Globo em nosso ecossistema, já verificamos um aumento expressivo no tráfego dentro da solução AICX, além de novas requisições de conexão direta com o parceiro, o que impulsiona as oportunidades de interconexões, bem como demonstra a provisão de escalabilidade para nossos parceiros e clientes”, afirma João Walter, Gerente executivo de Produtos, Soluções e Edge Strategy da Ascenty.

“Buscando mais qualidade e rapidez nas entregas do Globoplay e de outros produtos digitais da Globo, estamos aumentando as opções para interconexão de operadoras e provedores de internet conosco. Com a parceria com a Ascenty, temos novas opções de interconexão direta no Campus de São Paulo, através da plataforma de peering AICX”, destaca Claudiney Soares, Coordenador de Peering da Globo.

Por meio de sua rede própria de 5.000 km fibra óptica em todo o Brasil, os data centers da Ascenty estão interconectados às três estações de cabos submarinos do país, em Praia Grande (SP), Rio de Janeiro e Fortaleza. Assim, além da conectividade de excelência na América Latina, o ecossistema digital da Ascenty possibilita trocas de dados com baixa latência também com países da América do Norte, África e Europa.

Read More

Ascenty passa a integrar a maior iniciativa voluntária de sustentabilidade corporativa do mundo

Maior empresa de data centers da América Latina é primeira do setor na região a se tornar signatária do Pacto Global da ONU

A Ascenty, empresa líder no mercado de data centers na América Latina, com um total de 34 unidades no Brasil, Chile, México e Colômbia, acaba de ingressar no Pacto Global da ONU (Organização das Nações Unidas) no Brasil. A iniciativa tem o objetivo de mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, de Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. Com a criação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o Pacto Global também assumiu a missão de engajar o setor privado nesta nova agenda.

Assim, a Ascenty se torna a única empresa latino-americana de data centers signatária dessa que é a maior iniciativa voluntária de sustentabilidade corporativa do mundo. É mais um pioneirismo da empresa que neutraliza a totalidade de suas emissões de carbono desde 2020; bem como certificou o primeiro data center do Brasil na norma ISO 14001, em 2016, quando sistema de gestão ambiental corporativo ainda era um assunto incipiente.

“Ao integrar o Pacto Global, nos comprometemos a reportar anualmente o nosso progresso em relação aos Dez Princípios, o que fomenta a evolução constante de nossas práticas sustentáveis”, informa Fábio Trimarco, diretor de Compliance e Qualidade da Ascenty. “Essa iniciativa é fundamental para a entender quais são as lacunas no aperfeiçoamento de nossa sustentabilidade, bem como participar de uma comunidade com visão holística sobre o tema, o que nos dá a oportunidade de ter conhecimento das melhores práticas de resolução de problemas semelhantes aos nossos”, acrescenta.

Como uma iniciativa especial do Secretário-Geral da ONU, o Pacto Global das Nações Unidas é uma convocação para que as empresas de todo o mundo alinhem suas operações e estratégias a dez princípios universais nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção.

O Pacto Global da ONU Brasil foi criado em 2003, e hoje é a terceira maior rede local do mundo, com mais de 1.600 participantes. Os mais de 40 projetos conduzidos no país abrangem, principalmente, os temas: Água e Saneamento, Alimentos e Agricultura, Energia e Clima, Direitos Humanos e Trabalho, Anticorrupção, Engajamento e Comunicação.

Read More

Ascenty e WNB Comnect firmam parceria e investem mais de R$ 2 milhões na aceleração de transações financeiras

A parceria resultou em diminuição de 13% no tempo de processamento de operações financeiras

A Ascenty, líder em colocation na América Latina, com 34 data centers no Brasil, Chile, México e Colômbia, firmou parceria de melhoria do processamento de operações financeiras com a WNB Comnect, empresa de soluções tecnológicas em infraestrutura de rede para transações eletrônicas.

Após um ano de planejamento e investimento superior a R$ 2 milhões, a união resultou em um aumento de 70% na capacidade das operações em meios de pagamento da WNB Comnect.

Com a estrutura do data center da Ascenty em Vinhedo (SP), o maior da América Latina, a WNB reduziu o tempo de processamento do transporte de dados em 13% comparado à média histórica da empresa. O principal motivo para essa melhoria de desempenho se deve ao ecossistema de conectividade ligado aos principais cloud providers do mundo.

“A Ascenty oferece serviços em um nível de qualidade que consideramos essencial para nossos projetos. Destacamos a conectividade, as certificações internacionais de segurança, o comprometimento com os prazos e o atendimento ágil e personalizado”, afirma Ruy Rothschild de Souza, CEO da WNB Comnect. “Essa parceria reforçou o nosso compromisso com disponibilidade, flexibilidade e segurança, valores imprescindíveis que levamos para nossos clientes e parceiros”, acrescenta.

A previsão inicial para entrega do projeto pela Ascenty era de novembro de 2022, para que a WNB pudesse atender ao aumento de fluxo das transações no fim de ano, período mais importante para o varejo. A Ascenty, porém, conseguiu concluir a ampliação da capacidade do cliente no início de agosto, três meses antes do previsto.

A WNB Comnect opera atualmente em cerca de 40% do transporte de pagamentos eletrônicos presenciais no Brasil, sendo responsável por quase 100% do tráfego em alguns segmentos.

“A chegada da WNB representa um incremento significativo de excelência na oferta de infraestrutura de rede para transporte de dados e transações eletrônicas no marketplace da Ascenty, reforçando nosso papel de fomentadora de novos negócios em nosso ecossistema digital”, afirma Vinícius Minetto, diretor de vendas da Ascenty.

Sobre a Ascenty
A Ascenty, uma empresa Digital Realty e Brookfield, é a maior provedora de serviços de data centers e conectividade da América Latina, atualmente com 34 data centers em operação e/ou construção no Brasil, Chile, México e Colômbia, interconectados por 5.000 km de rede de fibra óptica proprietária. A companhia foi fundada em 2010 e atua na construção e operação de data centers de classe mundial, atendendo aos maiores provedores de serviços de nuvem e tecnologia do mundo, e também clientes dos segmentos financeiro, varejo, indústria, saúde e integradoras de serviços. Para apoiar sua expansão, a Ascenty conta com os seus acionistas – a Brookfield Infrastructure Partners, uma empresa canadense de gestão de ativos, e a Digital Realty, maior empresa de data centers do mundo, com mais de 300 unidades localizadas na América do Norte, Europa, América Latina, Ásia e Austrália.

Sobre a WNB Comnect:
Desde 1999 a WNB – Wireless Networks do Brasil, sob a marca Comnect, atende a mais de 45 mil clientes e seus mais de 150 mil terminais presentes em todo Brasil com serviços certificados PCI e tecnologia em meios de pagamento para o varejo: captura, conectividade segura, smartPOS, outsourcing TEF, Pix, e-commerce e gestor de recebíveis, são mais de 200 adquirentes conectadas diretamente. Tudo com a Disponibilidade, Flexibilidade e Segurança de que o mercado precisa e exige.

Read More

Ascenty levanta US$ 1,025 bilhão de financiamento para investimentos na construção de novos data centers

Operação conta com dois instrumentos, um Term Loan Facility offshore e uma emissão de debêntures no mercado de capitais local

A Ascenty, líder em colocation na América Latina, com 34 data centers no Brasil, Chile, México e Colômbia, obteve financiamento de US$ 1,025 bilhão pelo prazo de 5 anos em dois instrumentos.

O primeiro deles foi um Term Loan Facility no exterior de US$ 825 milhões, liderado por Itaú, Natixis, Scotiabank, Credit Agricole, Banco MUFG Brasil e Mizuho. Além desses bancos, outros 6 juntaram-se à operação.

O segundo instrumento foi a emissão de debêntures no mercado local em montante equivalente a US$ 200 milhões, com a liderança do Bradesco. As debêntures foram emitidas em reais e contam com swap para dólar.

Essas operações alongaram o prazo do endividamento da companhia e adicionaram caixa para expansão de suas atividades no Brasil. Mesmo com o mercado financeiro global passando por momento volátil, a Ascenty demonstra que seus relacionamentos de longo prazo com clientes e solidez operacional proporcionam à empresa condição diferenciada de captação de recursos.

“Com base no sucesso obtido no financiamento das operações brasileiras, buscaremos agora estruturas semelhantes para os mercados do México, Chile e Colômbia”, comenta Gustavo Sousa, CFO da Ascenty. “Essa operação, inédita no setor, demonstra a confiança que o mercado tem na Ascenty, que se diferencia pela carteira de clientes de longo prazo, como as grandes big techs, mas principalmente por sua capacidade em operação. Apesar de ser uma empresa jovem, com apenas 13 anos, seus projetos atingiram alto nível de maturidade, cerca de 90% de nossa capacidade no Brasil está totalmente operacional,” acrescenta Sousa.

Sobre a Ascenty

A Ascenty, uma empresa Digital Realty e Brookfield, é a maior provedora de serviços de data centers e conectividade da América Latina, atualmente com 34 data centers em operação e/ou construção no Brasil, Chile, México e Colômbia, interconectados por 5.000 km de rede de fibra óptica proprietária. A companhia foi fundada em 2010 e atua na construção e operação de data centers de classe mundial, atendendo aos maiores provedores de serviços de nuvem e tecnologia do mundo, e também clientes dos segmentos financeiro, varejo, indústria, saúde e integradoras de serviços. Para apoiar sua expansão, a Ascenty conta com os seus acionistas – a Brookfield Infrastructure Partners, uma empresa canadense de gestão de ativos, e a Digital Realty, maior empresa de data centers do mundo, com mais de 300 unidades localizadas na América do Norte, Europa, América Latina, Ásia e Austrália. Para saber mais sobre a Ascenty, acesse o site.


Read More