• Português
  • English
  • Español

AIoT: a Inteligência Artificial na Era da Internet das Coisas

A popularização acelerada da Inteligência Artificial (IA) da Internet das Coisas (IoT) está impulsionando o interesse pela Inteligência Artificial das Coisas (AIoT). Mas o que você sabe sobre o assunto?

Embora essas tecnologias sejam poderosas e independentes, as empresas já entenderam que essa união é capaz de mudar totalmente a forma como coletamos, analisamos e usamos os dados disponíveis.

Em um mercado que busca sempre por decisões mais rápidas, seguras e eficientes, este pode ser o seu diferencial. Vamos entender melhor?

O que é AIoT?

AIoT é a combinação da Inteligência Artificial (IA) com a Internet das Coisas (IoT). Trata-se de uma tecnologia que visa coletar os dados gerados por dispositivos IoT — como equipamentos de monitoramento — e analisar as informações com apoio da Inteligência Artificial.

Sensores de IoT recebem um grande volume de dados. Com a aplicação da IA, é possível analisar imediatamente padrões, fenômenos e tendências, tornando as operações mais eficientes e dando ao gestor relatórios completos e transparentes de forma mais fácil e rápida.

Esse cenário é especialmente relevante com a chegada do 5G, e propagação do Blockchain, Realidade Aumentada e Computação em borda. Afinal, a união desses conceitos é a base para o desenvolvimento de soluções mais inteligentes e sensíveis em vários ramos, como:

  • Indústrias;
  • Saúde;
  • Agronegócio;
  • Cidades;
  • Mobilidade.

Fique atento: investimentos em AIoT não param de crescer!

Saiba que AIoT não é um conceito distante, mas uma realidade cujo investimento está aumentando a cada ano.

Pesquisas mostram que o mercado global de AIoT vai crescer 39,1% até 2027, alcançando  US$ 83,6 bilhões. Quanto ao mercado de soluções IoT, seu valor atingirá US$ 9,13 bilhões até 2027.

Outro dado relevante é que as empresas que produzem análises detalhadas, relatórios gerenciais e infográficos também expandiram os investimentos em IoT em 82% nos últimos anos.

Por que unir IA e IoT? As vantagens da AIoT

O ditado “a união faz a força” resume bem a importância da junção ente IA e IoT. Isso porque, a tecnologia pode ser aplicada em todos os setores para auxiliar na resolução de problemas reais das empresas.

Em resumo, processos ineficientes e repletos de gargalos estão sendo otimizados com a AIoT. E não para por aí. Confira as vantagens de investir nesse recurso!

Mais eficiência operacional

Com a AIoT, seu negócio pode chegar ao tão sonhado nível ideal de eficiência operacional. O motivo? Máquinas alimentadas por AIoT conseguem gerar e analisar dados, reconhecer padrões e tomar decisões estratégicas.

No dia a dia de uma indústria, por exemplo, isso significa identificar e corrigir problemas que afetariam a linha de produção. Além disso, a própria automação de processos representa um ganho importante de eficiência.

Monitoramento em tempo real

Com uma tecnologia tão poderosa em mãos, fica mais fácil monitorar processos em tempo real e evitar interrupções da operação.

Isso acontece graças ao olhar constante sobre o sistema com o foco em detectar problemas, prever falhas e tomar decisões de forma preventiva. Assim, temos uma menor intervenção humana e processos mais precisos e inteligentes.

Um bom exemplo disso é o uso de câmeras para detecção de vazamentos, comuns em plataformas de petróleo e gás. Consegue imaginar o quanto isso é importante?

Redução de custos

Sistemas AIoT são grandes aliados das empresas quando o assunto é redução de custos, principalmente por promoverem o uso inteligente dos recursos. É o que acontece, por exemplo, com a presença de sensores que controlam a luz e temperatura quando não existem pessoas no ambiente.

Outro ponto de destaque é seu papel na manutenção preventiva de equipamentos. Nesse caso, os sensores e câmeras podem verificar as condições das peças e prever o momento ideal para a substituição. 

AIoT na prática: 6 exemplos de utilização no mundo real

Falar de AIoT pode parecer pouco palpável, mas a verdade é que existem grandes exemplos de como a tecnologia pode ser integrada à vida humana.

A seguir, selecionamos caso práticos, da vida real, que valem a pena conhecer e se inspirar!

1.     Casas inteligentes

Já pensou uma casa inteligente, cada vez mais autônoma, segura e sustentável? A AIoT pode aprender com as interações e respostas humanas, assim automatiza vários processos para torar a rotina das pessoas mais simples e prática.

Um bom exemplo é a presença de termostatos que ajustam a temperatura do ambiente automaticamente, conforme preferência dos moradores. E câmeras de monitoramento capazes de identificar a presença de intrusos e reconhecer pessoas autorizadas e animais, por exemplo.

2.     Câmeras de reconhecimento facial

Câmeras com IA habilitada podem ser instaladas para detectar automaticamente eventuais perdas, reconhecer o rosto de suspeitos e notificar a empresa imediatamente caso eles saiam do estabelecimento sem escaneá-lo.

Essa prática já foi implementada em diversos estabelecimentos para aumentar a segurança e minimizar perdas e está se popularizando cada vez mais no mercado.

3.     Sensores de análise de comportamento

Sensores podem monitorar o comportamento de clientes para encontrar o que chama sua atenção, horários que realizam mais compras, aspectos visuais que chamam mais atenção etc.

A partir dessas informações, empresas são capazes gerenciar suas rotinas para melhor atender as necessidades dos clientes e maximizar suas vendas.

4.     Aprimoramento de veículos guiados autônomos

Veículos Guiados Autônomos (AGVs ou Automared Guided Vehicles) são usados para transportar itens em armazéns, centros de distribuição (CD) e outros ambientes industriais. No entanto, eles não tinham autonomia para decidir diante de obstáculos.

Com a aplicação da AIoT, os robôs coletam dados do ambiente, analisam as informações e tomam as melhores decisões por conta própria, maximizando a eficiência, as operações e os resultados do negócio.

5.     Edge Computing

Com a AIoT, um computador pode desviar uma parte de seus requisitos de processamento para outro computador que está na mesma rede. Dessa forma, é possível minimizar a latência, elevar a segurança de dados e ainda acelerar decisões, diferenciais da Edge Computing.

6.     Monitoramento de tráfego urbano

Uma aplicação muito útil da AIoT é no monitoramento do tráfego urbano em tempo real. Sistemas inteligentes, apoiados por câmeras, drones e sensores podem avaliar o nível de um congestionamento e fazer análises sobre os possíveis motivos.

Resumindo, é possível identificar acidentes, infrações de trânsito, animais na pista e diversas intercorrências sem a intervenção humana.

A tecnologia traz novas responsabilidades

Sem dúvidas, a AIoT é uma das tecnologias mais importantes da atualidade. Além de promover eficiência e produtividade, ajuda a aumentar o lucro das empresas e otimizar processos que prejudicavam sua competitividade.

Mas é importante dizer que o gestor moderno precisa estar pronto para lidar com esse avanço. Isso porque, ele está apenas coordenando equipes, mas ajuda a tomar decisões e se reúne com lideranças de forma constante.

Faz parte do escopo deste cargo ter contato com fornecedores e clientes, decidir sobre orçamentos, mensurar resultados técnicos, cumprir metas e entregar resultados, entre outras atividades administrativas.

Esta nova abordagem é apoiada por facilidades proporcionadas pela própria tecnologia, como a cloud computing, big data e soluções mobile. Se, antes, era preciso ir ao escritório para operar sistemas e trabalhar, agora o gestor pode trabalhar de onde desejar.

Sendo assim, temos uma tecnologia poderosa, mas que também lança novos desafios. Aproveitar as oportunidades depende de assumir as responsabilidades e tomar os devidos cuidados que tanta mobilidade e agilidade proporcionam.

Pressão: uma única falha de segurança pode abalar tudo

Por falar em desafios, é importante mencionar a questão da segurança. Isso porque, um ataque virtual pode colocar tudo em risco.

Desse modo, as empresas precisam conhecer e manter suas soluções de segurança atualizadas e em perfeito funcionamento para detectar a origem e neutralizar quaisquer perigos. Uma só falha pode destruir todo o planejamento!

Vale dizer que, mesmo com o uso de ferramentas de proteção, como antivírus, firewalls e outras soluções de segurança, é possível enfrentar incidentes. É papel do gestor prevenir ameaças e analisar ataques. Seu trabalho deve ser realizado com excelência para evitar que surjam brechas a serem exploradas por hackers e crackers.

Além disso, é uma boa prática “catequizar” os colaboradores sobre a Política de Segurança da Informação da empresa. Assim, todos devem saber que utilizar dispositivos não autorizados pode danificar o sistema, por exemplo.

AIoT

E o futuro?

Com vimos, a AIoT combina o que há de melhor na IA ​​e na IoT. Assim, é um recurso importante para solucionar problemas de forma rápida, segura e inteligente.

Soluções alimentadas por essa tecnologia estão se propagando no varejo, manufatura, saúde, segurança, bancos e diversos outros setores. Nesse cenário, não é difícil prever que o futuro será ainda mais surpreendente, com os dados sendo usados de forma muito mais ampla e estratégica.

Seu negócio está pronto para essa nova fase? Ignorar a evolução pode ser um risco. Entenda melhor em nosso conteúdo sobre a disrupção digital!