Automação de Data Center: por que investir nessa solução?

Que tal ouvir o nosso conteúdo?

A inovação figura entre os atributos mais importantes para o crescimento empresarial. Em tempos de Transformação Digital e mudanças constantes, é preciso estar alinhado às novas demandas, garantindo operações cada vez mais eficientes, amplas e digitais. Nesse cenário, a Automação de Data Center desponta como uma necessidade.

No entanto, muitos negócios ainda não têm a devida compreensão sobre os impactos e benefícios dessa prática. Pensando nisso, preparamos este conteúdo para mostrar a importância do Data Center e os reflexos positivos que a sua automação pode representar no mercado atual. Acompanhe!

Qual a função do Data Center?

De maneira geral, a principal função de um Data Center é fornecer acesso a estrutura que comporte os recursos computacionais para as empresas, os quais são indispensáveis as mais diferentes atividades e setores.

Assim, por meio de uma instalação física centralizada, equipada com computadores, servidores, serviços de rede e outros recursos de TI, o Data Center é responsável por dar suporte às operações de empresas.

Esse ambiente é a base para alocação de recursos de TI, disponibilidade de sistemas e aplicações e, de forma mais abrangente, suportar a Transformação Digital dos negócios.

Qual a importância do Data Center?

Atualmente, tanto a utilização massiva de dados quanto a digitalização de processos são práticas extremamente comuns no mercado. Essa realidade, reflexo da Transformação Digital, é responsável por intensificar a demanda das empresas por recursos computacionais e grandes infraestruturas de TI.

Hoje, mais do que nunca, organizações de todos os portes e segmentos necessitam dos ativos de TI para promover o armazenamento e processamento dos seus dados. Além disso, é necessário hospedar sites, aplicativos e sistemas em tempo integral e com alta disponibilidade.

Por isso que os datacenters se tornaram parte integrante das operações empresariais, sendo vitais para o seu sucesso.

Por que investir em automação de Data Center?

A automação de Data Center, como a expressão já indica, é o processo de gerenciamento e automatização dos fluxos de trabalho relacionados à infraestrutura de TI desses ambientes. Contudo, ela não necessita de grandes interações humanas ou administrativas.

De forma prática, essa automação visa simplificar a gestão dos complexos ambientes de rede e dados, fornecendo mais controle, visibilidade e eficiências às equipes responsáveis.

Afinal, como mencionado, as empresas lidam com volumes cada vez maiores de dados e processos digitais, demandando estruturas computacionais robustas e altamente complexas.

Toda essa estrutura, sem dúvida, exige um grande esforço técnico e gerencial para que seja administrada eficientemente. No entanto, de forma manual, isso nem sempre é possível. É, então, que a automação se mostra necessária e potencialmente benéfica.

Confira, a seguir, alguns dos principais benefícios de se optar pela automação de Data Center!

Otimização do tempo de sua equipe

De forma prática, a gestão do Data Center, a depender do porte do negócio e volume de serviços acessados, pode demandar um grande esforço operacional por parte das equipes. Ademais, ela pode gastar um tempo precioso da sua rotina — muitas vezes em atividades repetitivas e essencialmente operacionais.

No entanto, ao investir na automação, é possível não só otimizar os processos, tornando-os mais autônomos e gerenciáveis, mas simplificar a rotina das equipes, automatizando tarefas repetitivas e pouco estratégicas.

Com isso, o capital humano da empresa tem mais tempo para se dedicar aos processos estratégicos, aproveitando melhor a tecnologia.

Aumento da eficiência do Data Center

A automação de Data Center é uma das bases para o aumento da sua eficiência. Isso porque a implementação de processos padronizados, utilização de frameworks testados e recursos de automação tendem a tornar o gerenciamento da infraestrutura muito mais transparente.

Isso significa que as equipes passam a contar com o reforço da automação para identificar e corrigir falhas, monitorar o desempenho das máquinas e serviços, além de dados para subsidiar a tomada de decisão. Tudo isso, de uma forma ou de outra, contribui para que a empresa consiga extrair a máxima eficiência do Data Center.

Modernização da área de TI

Outro ponto positivo da automação de Data Center se relaciona à modernização da área de TI da empresa. Como se sabe, hoje, esse é um braço essencial para as operações e que está diretamente associado aos pontos mais estratégicos, por exemplo:

  • a gestão de dados;
  • reforço da conectividade empresarial;
  • armazenamento seguro da informação;
  • compliance de TI;
  • disponibilidade de serviços e plataformas;
  • equalização de custos operacionais ligados à gestão de TI;
  • integração de processos, ambientes e equipes.

Assim, ao seguir pelo caminho da automação, esses e outros muitos elementos assumem uma roupagem mais moderna, na qual disponibilidade, eficiência e segurança se tornam ainda mais presentes no dia a dia do setor de TI.

Na prática, a automação é um passo dado em direção ao máximo aproveitamento dos recursos de TI, sejam eles humanos ou materiais. Isso garante uma atuação empresarial mais alinhada com a Transformação Digital e com as boas práticas do mercado, refletindo diretamente no nível de competitividade da empresa.

Por que o Data Center é fundamental para todo tipo de negócio?

Independentemente do porte ou área de atuação da empresa, o Data Center exerce um papel crucial para o seu sucesso. Atualmente, mais do que nunca, os negócios dependem de seus ativos digitais e recursos de TI, já que praticamente tudo passa por eles.

Por exemplo, o Data Center é elementar para o bom funcionamento de sistemas de CRM e ERP. No mesmo sentido, são fundamentais para garantir a disponibilidade de redes, serviços e aplicações, das mais simples até as mais complexas.

Além disso, também existe a questão da segurança da informação, ponto sensível da atuação empresarial atual, que demanda proteção em tempo integral e mais privacidade. Esses elementos se reforçam em ambientes estruturados, gerenciáveis e que dispõem dos recursos de proteção mais robustos.

Por fim, o Data Center é muito útil aos negócios na hora de garantir a escalabilidade das operações. Ele fornece recursos computacionais de forma equilibrada e condizente com as necessidades do negócio, ao longo de toda a sua jornada de crescimento e inovação.

Como fazer a automação de Data Center de forma correta?

Até aqui, ficou claro que os Data Centers representam recursos de grande valor para os negócios, sejam eles de pequeno porte ou grandes organizações. No entanto, materializar a automação nesses ambientes não é algo simples, já que passa por diferentes aspectos e requer conhecimento especializado.

Por isso, a automação de Data Center precisa ser conduzida por profissionais especializados, conscientes das necessidades e implicações desse processo. Afinal, estamos falando de um quesito que interfere diretamente nas operações da empresa.

Assim, a confiabilidade precisa estar à frente dessa automação. É fundamental contar com o apoio de parceiros especializados e experientes, que dispõem do capital humano necessário para conduzir essa transformação e dos recursos materiais mais adequados.

Isso envolve a utilização de hardware de ponta e softwares eficientes, que apresentem um fácil manuseio e interpretação.

Por fim, é preciso ter em mente que de nada adianta ter à disposição os melhores equipamentos e softwares se tudo isso não for programado e gerenciado de maneira coerente, atendendo às necessidades da sua empresa.

Dito isso, mais uma vez, destacamos a importância de que o processo seja conduzido e apoiado por quem tem expertise no assunto. Dessa forma, a automação de Data Center tem todos os elementos necessários para ocorrer da melhor maneira possível.

Gostou deste conteúdo e tem interesse em seguir lendo e aprendendo mais sobre o tema? Então não deixe de acompanhar o blog da Ascenty!